BRASIL VENCE HUNGRIA E ESTÁ NA FINAL DA COPA DO MUNDO DE MINIFOOTBALL


5d9b7d036c660

Na disputa da semifinal da competição, a Seleção Brasileira de Minifootball bateu a Hungria de virada e garantiu a vaga para brigar pelo inédito título mundial na modalidade.

A trajetória do Brasil nos mata-matas da Copa do Mundo WMF tem sido sempre com emoção. E na manhã desta quinta, no horário de Brasília, não foi diferente. Na disputa da semifinal da competição, a seleção brasileira de Minifootball bateu a Hungria por 2 a 1, de virada, e garantiu a vaga para brigar pelo inédito título mundial na modalidade.


- Sabíamos das características deles e entramos em quadra preparados. Novamente saímos atrás e tivemos tranquilidade e consciência para buscar a vaga. Esse grupo é merecedor. Vamos descansar e nos preparar psicologicamente, amanhã temos a última guerra e estaremos prontos. - analisou Tiago Coutinho, treinador do Brasil.

A Hungria saiu na frente com apenas oito minutos, em falha de saída de bola brasileira. Mas os craques brasileiros, que nas quartas de final já haviam virado o jogo sobre a Eslováquia, mais uma vez demonstraram a qualidade do futebol nacional. Diante de marcação forte dos europeus, o resultado se manteve até o intervalo, porém, já nos primeiros minutos da segunda etapa a Seleção Brasileira voltou pressionando e chegou ao empate em gol contra.

Com a igualdade no placar, o Brasil controlou a partida e dominava as ações ofensivas até os 34 minutos, quando Rafael Sixel aproveitou erro dos adversários, roubou a bola no meio de quadra e, com categoria, encobriu o goleiro húngaro para dar números finais ao placar.

- É uma emoção diferente. Estar aqui representando nosso país e ainda poder fazer um gol dessa importância, não sei nem descrever o que significa. Foi um momento muito especial. Agora é virar a chave, amanhã é dia de escrever a história. - disse o camisa 9, um dos destaques do Brasil na competição.

A decisão da Copa do Mundo WMF será nesta sexta-feira, a partir das 8h (de Brasília). O adversário brasileiro será o México, que nas semifinais passou pela Romênia em outra partida emocionante, com vitória por 2 a 1 na prorrogação. Pouco antes, a mesma Romênia e a Hungria disputam a terceira colocação.

- Sonhamos com este momento há dois anos e trabalhamos firme para chegar aqui. O grupo este de parabéns, e a comissão técnica merece todos os méritos. Agora são 50 minutos que nos separam de um sonho. Contamos com a torcida de todos os brasileiros. - disse Rico Chermont, presidente da seleção brasileira de Minifootball.

Approve & Close

This website uses browser cookies to identify authorized users, enhance user experience and collect usage statistics via third-party tools like Google Analytics. Some web pages may use cookies to identify users and customize advertising content to user interests. Please indicate if you approve this website to use cookies for these purposes.

Approve & Close